Segundo dom Majella, a Comissão foi fundada em 2016 sob a liderança de dom Geraldo Lyrio Rocha, arcebispo emérito de Mariana (MG), que afirmou: "É muito justo que a CNBB, entre suas diversas comissões, tenha uma dedicada à causa dos santos". A comissão desenvolveu e aprimorou diversos processos relacionados à causa dos santos
A missa foi realizada no dia do martírio da Bem-aventurada, 24 de outubro, com a participação de pelo menos 60 mil pessoas. Benigna é invocada como defensora da dignidade da mulher e ícone contra o abuso sexual de crianças e adolescentes. O cardeal Leonardo Steiner, arcebispo de Manaus representou o Papa Francisco na cerimônia
A adolescente de 13 anos, símbolo da luta contra o feminicídio no Estado do Ceará, será beatificada em cerimônia, nesta segunda-feira, 24 de outubro, às 17h. A celebração, na cidade de Crato (CE), será presidida pelo representante do Papa Francisco, o cardeal Leonardo Steiner, arcebispo de Manaus. A cerimônia acontece na mesma data do martírio de Benigna Cardoso da Silva em 1941
A celebração será no Parque de Exposições da cidade de Crato. A data, segundo o coordenador da Comissão para a Beatificação de Benigna, Pe. Wesley Barros, é Dia Estadual da Luta Contra o Feminicídio, porque a mártir também se tornou um símbolo da causa social no combate à violência contra a mulher
O rito de beatificação será presidido pelo prefeito do Dicastério para as Causas dos Santos, o cardeal Marcello Semeraro. A data, que era aguardada com grande expectativa em toda arquidiocese de Mariana, foi confirmada nesta quarta-feira, 22 de junho, pelo Postulador da Causa de Beatificação da Venerável, o doutor Paolo Vilotta
Presidente da Comissão para a Causa dos Santos da CNBB, dom Jaime Vieira Rocha comentou o reconhecimento das virtudes heroicas da menina Odette Vidal Cardoso pela Igreja, no último mês. Agora venerável, poderá ajudar "a descobrir o quanto uma criança pode fazer a transformação que o Brasil precisa" e ainda "ser um grande incentivo para a Infância Missionária"
As caixas com os documentos relativos ao processo de canonização foram lacradas e seguirão para a Congregação da Causa dos Santos da Santa Sé, no Vaticano. Para o segundo vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e bispo diocesano, dom Mário Antônio, esse processo abre os "nossos olhos e o nosso coração para a missão, para a causa indígena e para a Amazônia"

Você também pode gostar