CF 2023: CNBB escolhe melodia vencedora do concurso para o hino

A Secretaria Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) escolheu a melodia vencedora do concurso do hino da Campanha da Fraternidade 2023. Gabriel Belisario, de 23 anos, da diocese de Guarapuava (PR), foi o autor da melodia que animará as reflexões durante a Quaresma do próximo ano.

O processo de escolha foi realizado conforme o edital divulgado pela CNBB, após a escolha da letra. Concorreram 30 melodias, as quais foram triadas pelo Setor Música Litúrgica da Comissão para a Liturgia da CNBB. Desse processo, foram selecionadas 18 músicas. A partir daí, em nova avaliação pela comissão julgadora, foram eleitas quatro melodias, dentre as quais foi escolhida a vencendora.

A divulgação do áudio da música será realizada em breve, pelas Edições CNBB. Antes disso, serão feitos os processos de gravação e mixagem do material.

O autor

Gabriel Belisario tem 23 anos, é um leigo e casado, natural de Guarapuava, onde também reside. Atualmente, ele trabalha na Secretaria da Ação Evangelizadora da diocese de Guarapuava.

Esta foi a primeira vez que Gabriel participou de um concurso para a escolha de música do hino da Campanha da Fraternidade. Sobre a inspiração, ele afirmou que o tema e o lema da Campanha em si já foram grande fonte de inspiração. No próximo ano, a CF vai abordar o tema “Fraternidade e fome” e o lema “Dai-lhes vós mesmos de comer” (Mt 14, 16).

“A fome é algo que assola a humanidade e é necessário falar de fraternidade e partilha a respeito deste problema. O mandato de Jesus que é o lema da Campanha, ‘Dai-lhes vós mesmos de comer” (Mt 14, 16), nos convoca enquanto Igreja missionária para este compromisso de ajudarmos, através da partilha, nossos irmãos mais pobres e necessitados. Por isso, ao compor a música, segui as orientações do concurso e busquei deixá-la simples e acessível aos ouvidos de quem a escutará, com melodia e ritmo fluentes, realçando bem o sentido da letra, e pensando na finalidade de suscitar e provocar o sentimento de adesão ao compromisso proposto por esta Campanha”, afirmou.

Para Gabriel, “é uma alegria poder contribuir com este Projeto de Evangelização da Igreja e poder contribuir com uma obra que pode conscientizar as pessoas acerca da realidade da fome em que hoje vivemos”.
Ele recorda o que afirma o Papa Francisco na Fratelli Tutti, que “a alimentação é um direito inalienável”. “Que possamos, com alegria e coração aberto, cumprirmos o mandato de Jesus”, deseja Gabriel.

SEMINÁRIO NACIONAL DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE APROFUNDARÁ O TEMA DA “FOME” E AS ESTRATÉGIAS PARA A CF 2023

Tags:

leia também