Comissão realiza reunião com bispos referenciais e coordenadores regionais da Animação Bíblico-Catequética

Termina nessa quinta-feira, 1º de fevereiro, a reunião da Comissão para a Animação Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) com os bispos referenciais e coordenadores regionais da Animação Bíblico-Catequética na Igreja do Brasil. A reunião teve início ontem, dia 31, na casa Dom Luciano, em Brasília (DF), e também contou com a participação especial do Pró-Prefeito do Dicastério para a Evangelização, no Vaticano, Dom Rino Fisichella. 

Bispos referenciais e coordenadores regionais da Animação Bíblico-Catequética na Igreja do Brasil

O encontro acontece, anualmente, sempre no início de cada ano. Realizado em duas etapas, o primeiro dia contou com uma análise histórica sobre a catequese no Brasil e, ainda, partilha de experiências dos animadores nos regionais da CNBB. Já nesta quinta, último dia, dom Rino Fisichella, pôde contribuir com indicações e orientações a respeito da evangelização na Igreja no Brasil.

Dom Leomar Antônio Brustolin, presidente da Comissão, salientou que na reunião os participantes puderam identificar o que já tem de positivo e o caminho que já foi feito, mas que estiveram também identificando as preocupações, as sombras e o que precisa ser iluminado para uma nova prática. “São pessoas que têm caminhado, conhecimento e que têm como sugerir proposições para a Comissão”, disse.

Mariana Venâncio, assessora da Comissão, salientou que o momento é de alinhamento e que as propostas do nacional e as propostas do regional são partilhadas e discutidas nessa reunião. Já o padre Wagner Carvalho, também assessor da Comissão, ponderou a apresentação que dom Rino fez do Diretório da Catequese, seus resultados e orientações para a Igreja Universal.

Amanhã, sexta-feira, 2 de fevereiro, a Comissão continua reunida, na Casa Dom Luciano, com os novos membros do Grupo de Reflexão Bíblico-Catequética, o Grebicat, oportunidade na qual refletirão sobre a realidade da catequese no Brasil e já começarão a pensar em novos subsídios para a animação bíblico-catequética da Igreja no Brasil. 

 

Tags:

leia também