Dom Ricardo Hoepers celebra acolhida na arquidiocese de Brasília com bispos e colaboradores

O bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Ricardo Hoepers, recebeu bispos e convidados para um almoço na sede da entidade, na segunda-feira, 5 de junho. O momento celebrou a acolhida de Hoepers como novo bispo auxiliar da arquidiocese de Brasília e reuniu bispos e colaboradores da CNBB, da Edições CNBB, do Centro Cultural Missionário, da Nunciatura Apostólica e da Secretaria Executiva Nacional da Pastoral Familiar (Secren/CNPF).

Dom Ricardo quis que esse momento fosse celebrado junto com os colaboradores da sede e das filiais da CNBB sob sua responsabilidade, com as autoridades da arquidiocese de Brasília e equipes da Nunciatura Apostólica e da Comissão Nacional da Pastoral Familiar, esta que esteve sob sua condução nos últimos quatro anos.

O arcebispo de Brasília, cardeal Paulo Cezar Costa; o núncio apostólico no Brasil, dom Giambattista Diquattro; e o arcebispo emérito de Aparecida e ex-presidente da CNBB, cardeal Raymundo Damasceno Assis, falaram da alegria de acolher dom Ricardo e fizeram votos para o trabalho como secretário-geral da CNBB.

“É muito bonito quando a comunhão acontece”, disse dom Paulo Cezar ao destacar a oportunidade de continuar a relação de proximidade e colaboração entre a arquidiocese de Brasília e a CNBB. Aos colaboradores, motivou a “continuar a servir com alegria e que a Igreja possa ser sempre beneficiada”.

Cardeal Paulo Cezar Costa fala aos colaboradores da CNBB | Foto: Luiz Lopes Jr/CNBB

Dom Damasceno recordou os dois mandatos como secretário-geral e o mandato como presidente da CNBB. Falou da importância da presença dos assessores na sede, colaborando diretamente com a Presidência: “Sem os assessores e assessoras, e os demais funcionários da casa, fica difícil trabalhar, e a CNBB está a serviço dos demais bispos e das dioceses”.

“Fazemos votos de que dom Ricardo faça essa experiência que eu fiz. E no final ele vai agradecer pela riqueza que vai significar para ele esse contato com os assessores e com o episcopado que se reúne aqui tanto no Conselho Episcopal Pastoral, quanto no Conselho Permanente e nos contatos individuais com cada bispo”, disse o ex-presidente da Conferência, garantindo que dom Ricardo poderá contar com a colaboração de todos. “Certamente o trabalho será muito frutuoso e fecundo para nossa Conferência e para a nossa Igreja”, disse.

Cardeal Raymundo Damasceno Assis, à esquerda, e dom Ricardo Hoepers | Foto: Luiz Lopes Jr/CNBB

Após as saudações, o cardeal Paulo Cezar Costa conduziu a oração do Angelus e abençoou os alimentos.

Também estiveram presentes no almoço o bispo de Luziânia (GO), dom Valdemar Passini Dalbelo, e os bispos auxiliares de Brasília, dom José Aparecido Gonçalves de Almeida, dom Denilson Geraldo e dom Antônio Aparecido de Marcos Filho.

 

Tags:

leia também