Pastoral Juvenil apresenta novo plano trienal de evangelização da juventude para o período de 2023 a 2025

A Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CEPJ-CNBB), por meio da Pastoral Juvenil, disponibilizou para download o novo plano trienal da Pastoral Juvenil, preparado para o período de 2023 a 2025. Com o título “AO SEU LADO”, o novo projeto tem como inspiração a passagem bíblica dos Discípulos de Emaús (Lc 24,13-35).

O material está organizado a partir de quatro eixos: “Formação’, “Vocação e missão”, “Estruturas de acompanhamento e assessoria” e “Cidadania: casa comum e dignidade humana”. Esses eixos sãos indicativos a partir da escuta feita nas diferentes realidades, e apontam urgências para Pastoral Juvenil. Ao mesmo tempo, o material apresenta linhas de ação que indicam onde se quer chegar com cada ação proposta em cada iniciativa de evangelização de jovens.

“O cenário dos discípulos de Emaús iluminou a Comissão Episcopal nesse processo de síntese de todo o processo de escuta com vista a revitalização da pastoral juvenil da Igreja do Brasil, que sai da situação angustiante da pandemia com uma missão especial de reconstrução. Nossa juventude, atingida pelos absurdos vividos durante a pandemia do coronavírus, quer retomar a sua caminhada, apoiada na sua ousadia e na sua criatividade peculiar, bem como na confiança da Igreja, quer se apresentar como protagonista de todo esse processo”, explica o bispo de Valença (RJ) e presidente da CEPJ, dom Nelson Francelino Ferreira.

Para o Pe. Antônio Ramos, assessor externo da CEPJ, o projeto tem o desejo de uma Igreja Juvenil sinodal, como o próprio Cristo fez com Emaús, caminhando ao lado dos discípulos, ouvindo-os e ensinando.

“A Pastoral Juvenil trabalha na grande unidade e sinodalidade, o que favorece toda a Igreja, O projeto “Ao Seu Lado” considera que todas as expressões juvenis tramalhem juntas – lado a lado – em vista da grande missão de levar o Evangelho de Cristo a todos os jovens, levando em conta a diversidade e carisma de cada expressão, mas com a certeza de que juntos elas constroem essa linda unidade do anúncio de Jesus de que todos tenham vida e vida em abundância (cf 10,10)”, diz o assessor.

Um projeto com muitas mentes e corações

O novo projeto é resultado de uma intensa e frutífera escuta feita pela Comissão Episcopal em todo o Brasil, especialmente com a participação dos assessores, padres e bispos referenciais dos regionais da CNBB, além do 3º Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil, realizado em junho deste ano na arquidiocese de Niterói (RJ), momento no qual foi possível alinhar as demandas e os anseios da pastoral.

“O plano que a comissão apresenta é uma elaboração mais sistemática do que foi sendo trabalhado com as contribuições que foram feitas. A pandemia, apesar de ter atrapalhado um pouco, não impediu que muitas vozes fossem ouvidas, em especial no encontro de Revitalização, quando um grupo de jovens fez a síntese das contribuições e apresentou para aprovação dos participantes”, conta a assessora interna da comissão, Ir. Valéria Andrade Leal.

Uma importante ação na construção do novo plano foi a avaliação do último projeto, o IDE, primeiramente pensado para os anos de 2018 a 2022. “Percebemos que avaliando o IDE, a missão foi o que mais foi trabalhado e percebemos os pontos que podiam ser reforçados, o que está no novo plano”, explica a assessora.

O plano de ação

A partir do plano nacional, as expressões são exortadas a contemplá-lo em sua realidade. O plano é propositivo a partir de ações e formas de fazer acontecer a ação evangelizadora entre os jovens.

“O plano é um instrumento de unidade, ajudando todos a terem uma linha mestra e uma coesão a nível nacional sem desrespeitar aquilo que é próprio de cada expressão juvenil, mas também com o cuidado de que todas as dimensões do que chamamos de formação integral sejam trabalhadas. Cada expressão ao seu modo e tempo podem contemplar todos os eixos das propostas do novo plano”, explica Ir. Valéria.

Para baixar o documento completo, de forma gratuita, clique aqui.

Com informações e imagens de Jovens Conectados

Tags:

leia também