Edições CNBB apresenta publicações para fortalecer a reflexão e a ação no campo educacional

Neste tempo da Quaresma no qual a Igreja no Brasil está aprofundando o tema “Fraternidade e Educação”, proposto pela Campanha da Fraternidade 2022, a Edições CNBB, por meio de seu representante comercial, Wallison Machado, divulgou um vídeo no qual apresenta as publicações que colaboram para a reflexão e a ação sobre a temática da educação, com o objetivo de dinamizar os processos da comunidade escolar e da Pastoral da Educação.

Assista ao vídeo:

 

Compêndio de Pastoral Escolar para a Educação Básica na Escola Católica

Um guia completo para a educação básica em escolas católicas. Assim a Edições CNBB descreve o “Compêndio de Pastoral Escolar para a Educação Básica na Escola Católica” lançado em dezembro de 2021 para os diversos atores envolvidos na dinâmica das escolas ligadas à Igreja.

O Compêndio reúne a história e a identidade da prática evangelizadora no âmbito escolar, bem como seus fundamentos e desdobramentos pedagógicos. O subsídio é fruto da parceria da Edições CNBB com a Editora Vozes e apresenta-se como imprescindível para as escolas católicas. A obra também “é de grande ajuda para todos aqueles interessados em uma educação capaz de formar para uma vida mais solidária e fraterna”.

Pastoral da Educação: estudo para diretrizes nacionais

Com primeira edição publicada em 2016 sob o número 110 na coleção “Estudos da CNBB”, a publicação foi elaborada pela equipe da Coordenação Nacional da Pastoral da Educação.

Na apresentação da obra, com a edição revisada em 2018, o arcebispo de Goiânia e presidente da Comissão Episcopal Pastoral  para Cultura e a Educação da CNBB, dom João Justino de Medeiros, considera esperar que o texto se torne um instrumento para provocar o interesse pela Pastoral da Educação nas comunidades e igrejas particulares do Brasil. 

Além da introdução, o aprofundamento sobre o conceito de Pastoral da Educação e o que esta pastoral pretende, a publicação organiza as reflexões em cinco capítulos: a) objetivos da Pastoral da Educação; b) a realidade da educação brasileira; 3) o referencial teológico para uma educação cristã; 4) propostas para uma Pastoral da Educação; e 5) considerações finais.

A Igreja e a educação

Além de ter sido tema central do 10º Simpósio Nacional das Famílias (2020), a Educação também está entre uma das preocupações do pontificado do Papa Francisco. Em 2020, o Santo Padre apresentou o Pacto Educativo Global, cuja proposta é incentivar “uma educação humanista e solidária como modo de transformar a sociedade”. No Brasil, a história da educação está intimamente ligada ao empenho da Igreja Católica pela educação.

O texto base da CF 2022 reflete: “A Campanha da Fraternidade nos recorda que educar não é um ato isolado. É encontro no qual todos são educadores e educandos. É tarefa da própria pessoa, da família, da escola, da Igreja e de toda a sociedade. Afinal, como nos ensina o conhecido provérbio de origem africana, ‘é preciso uma aldeia para se educar uma criança’.”

Como adquirir:

As publicações podem ser encontradas no site da Edições CNBB: www.edicoescnbb.com.br
Também é possível falar com a equipe de vendas pelo WhatsApp: (61) 2193-3019

Tags:

leia também