Secretário-geral da CNBB recebe visita institucional do reitor da PUC-Rio, padre Anderson Antonio Pedroso

O bispo auxiliar de Brasília e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Ricardo Hoepers, recebeu na manhã desta quarta-feira, 13 de setembro, o reitor da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), padre Anderson Antonio Pedroso, S.J. A visita institucional foi oportunidade para o professor colocar a universidade a serviço da Conferência e conhecer a estrutura da entidade.  

“Em primeiro lugar, é um prazer imenso estar aqui, é a primeira vez que eu venho. Estamos visitando o lugar de serviço ao episcopado e à Igreja, então é uma alegria muito grande”, disse o padre jesuíta Anderson Antonio, destacando que a conversa com o secretário-geral foi uma oportunidade de colocar a universidade a serviço da Conferência.

“Eu creio que a vocação de uma Universidade Pontifícia é sempre aquela de ajudar a Igreja nessa fronteira que é a educação, que é a cultura. Colocar à disposição a universidade para que a Igreja sinta essa comunhão que nós temos e o desejo de ajudá-la na missão de servir o nosso povo brasileiro”.  

Padre Anderson destacou que a universidade está localizada na cidade do Rio de Janeiro, mas, ao mesmo tempo, é projetada para a nação. “Eu gosto de dizer que a PUC faz parte de um projeto de país, ao mesmo tempo que nós estamos localizados e comprometidos com a realidade local, o nosso olhar é voltado para todo o país, através do ensino, da pesquisa e da extensão”.  

Outro ponto destacado do sentido da visita é a possibilidade de conhecer a estrutura da Conferência Episcopal: “compreender melhor as pontes que podem ser feitas, as parcerias, conhecer também os serviços da CNBB, como está organizada, no sentido de conhecimento mais profundo da estrutura da CNBB”, explicou.  

Nesse sentido, ele percebe a oportunidade de ampliar os horizontes das parcerias que já são realizadas entre a Conferência e a universidade. “Eu vejo que há uma história de não só a PUC, mas todas as universidades católicas, que se colocam sempre abertas a servir, ajudar. E, no nosso caso, sim, a presença de algumas pessoas, pesquisadores ou professores e especialistas que atuam nessa assessoria nas comissões é uma forma de confirmar isso e eu diria até de aprofundar”. 

No contexto de mudanças pelas quais o mundo passa, padre Anderson observa que a universidade precisa se transformar. É nesse sentido que a parceria com a CNBB possibilita a “oportunidade de quebrar barreiras e nos unir, criar convergência com algumas pautas”. Para ele, como a CNBB tem o olhar sobre todo o país, é um lugar de onde se pode “enxergar melhor e tomar decisões melhores”. 

“Eu acho que essa visão da universidade em saída é muito importante: sai para buscar conhecimento da realidade e depois oferece ajuda”, sublinhou.

Acompanhou o secretário-geral da CNBB na recepção ao reitor da PUC-Rio, o assessor de imprensa da CNBB, padre Arnaldo Rodrigues.

Padre Arnaldo Rodrigues, dom Ricardo Hoepers e padre Anderson Antonio | Foto: Luiz Lopes Jr/CNBB

Tags:

leia também