Corpo de dom Servílio Conti é velado em São Paulo

O corpo do bispo emérito de Roraima, dom Servílio Conti, falecido no domingo, 14, está sendo velado na paróquia Nossa Senhora da Consolata, no Jardim São Bento, em São Paulo. Amanhã, 16, o arcebispo emérito da arquidiocese de São Paulo, dom Cláudio Hummes,  celebrará missa de corpo presente, às 15h.  

Após a cerimônia, o corpo de dom Servílio será transladado para a cidade de Boa Vista, em Roraima, onde será sepultado. As informações do sepultamento ainda não foram confirmadas. O bispo de Roraima, dom Roque Paloschi, lamenta a morte de dom Servílio, que teve intensa atuação na dimensão missionária no Estado. 

Trajetória

Dom Servílio iria completar 98 anos em outubro. Ele veio a falecer em decorrência de complicações pulmonares. Natural de Bérgamo, Itália, foi ordenado presbítero em 1944, em Roma. Recebeu a ordenação episcopal em 1968, em sua terra de origem.

Estudou Filosofia no Seminário Missões Consolata, em Cúneo, Itália, e Teologia no Ateneo de Propaganda Fide, em Roma. O bispo tinha 97 anos de idade, 73 de profissão religiosa, 70 de ordenação sacerdotal e 46 de bispo. Foi bispo prelado em Roraima de 1968 a 1975, pertencendo a Ordem dos Missionários da Consolada.

Foi professor de disciplinas teológicas em seminário dos missionários da Consolata em Roma e em São Manuael (SP); mestre dos noviços em São Manuel, pároco em Erexim (RS) e em Boa Vista (RR); prelado em Nulius de Roraima. Em 1968 foi nomeado bispo de Roraima. Foi ainda vigário-geral da diocese de Santa Maria (RS). Dom Servílio escreveu o livro “O Santo Dia”, publicado em português e espanhol. Tinha como lema “Sou teu servo”.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This