Comissão Bilateral de Diálogo Católico-Luterano avança na comunhão entre Igrejas

A Comissão Bilateral de Diálogo Católico-Luterano esteve reunida dia 9 de abril na Igreja Evangélica de Confissão Luterano no Brasil, em Porto Alegre (RS). Os participantes destacaram o profundo sentimento de comunhão que marcou o encontro da Comissão com uma história de mais de meio século. Depois de uma rodada de apresentações, ficou clara a importância do ecumenismo na vida e ministério das pessoas presentes. “Ecumenismo é profecia, voa nas asas do Espírito”, foi uma das afirmações feitas na abertura.

Dentre os assuntos tratados esteve o histórico da Campanha da Fraternidade, a atual CF de 2019 e uma consulta sobre a continuidade da CF ter caráter ecumênico. O tema do ano da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) para 2019 foi igualmente apresentado. Também houve diálogos sobre o difícil momento pelo qual atravessa o Brasil e as manifestações das Igrejas sobre o mesmo. Relatou-se acerca do encontro celebrativo dos 120 anos da Ordem Auxiliadora das Senhoras Evangélicas (principal movimento de mulheres da IECLB) e o lançamento, durante evento em Blumenau, de cartilha que aborda o tema violência contra as mulheres. Conversou-se também sobre possibilidades e dificuldades que a missão enfrenta nos dias atuais.

Mais preocupante que a perda de membros, na verdade, é a possível perda da relevância, do significado, do papel das Igrejas na vida das pessoas e da sociedade. Como Igrejas, ainda estamos tentando entender as rápidas mudanças culturais que têm exercido papel importante na vida e nos valores das pessoas. O próximo encontro da Comissão ficou agendado para o dia 6/9/19 em Porto Alegre (RS). Decidiu-se que a Comissão será presidida pela IECLB no biênio 2019-2020, e que bispo dom Rodolfo e pastor Mauro são as pessoas de referência para os contato com a Comissão.

Estiveram presentes: Silvia Genz, pastora presidente da IECLB; Paula Naegele, pastora em Farroupilha (RS); dom Francesco Biasin, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e Diálogo Inter-Religioso da CNBB; Cláudia Pacheco, pastora em Dois Irmãos (RS); dom Manoel João Francisco, bispo de Cornélio Procópio (PR); Mauro Souza, pastor 2º vice-presidente e assessor para Missão Global e Ecumenismo da IECLB; dom Hélio Adelar Rubert, arcebispo de Santa Maria (RS); dom Rodolfo Luís Weber, bispo de Passo Fundo (RS); pastor Emílio Voigt, assessor teológico da Presidência; pastor vice-sinodal do Sínodo Vale do Taquari Luis Sievers; pastor Sinodal do Sínodo Centro-Campanha-Sul Décio Weber; pastor Sinodal do Sínodo Planalto Rio-Grandense Ricardo Cassen; pastor vice-Sinodal do Sínodo Paranapanema Alfredo Hagsma e a assessora da Comissão Bilateral irmã Cleusa Maria Andreatta, de Porto Alegre (RS).

Com informações do pastor Mauro Souza, 2º vice-presidente da IECLB

 

Share This